.

Acessibilidade

Aumentar Fonte
.
Diminuir Fonte
.
Fonte Normal
.
Alto Contraste
.
Libras
.
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Mapa do Site
.
Acesso à informação
.

De Segunda a Sexta das 9:00 às 17:00 Horas

Idioma

Português

English

Español

Francese

Deutsch

Italiano

Agricultura e Agronegócio - Segunda-feira, 10 de Julho de 2023

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Itapetininga tem a maior produtividade de soja do país, afirma IBGE

Confira os detalhes


Itapetininga tem a maior produtividade de soja do país, afirma IBGE

Itapetininga é o primeiro município do Brasil em produtividade no cultivo da soja, superando os principais concorrentes do Centro-Oeste. Em média, foram registradas de 4,8 toneladas por hectare. Os dados foram apurados pelo IBGE, que utilizou o ano base de 2021. Em 2019, o rendimento apontava para 3,6 toneladas por hectare, o que colocava a cidade em um grupo intermediário: 51ª colocação.  O município também é destaque no ranking de produção ao ocupar a 3ª colocação no Estado de São Paulo. 

         Para a administração municipal, os números da soja demonstram o potencial do solo que é fértil, pois agrega uma agricultura diversificada. O município é o terceiro maior em extensão territorial no estado de São Paulo, mas pode ser considerado o primeiro, pois todas suas áreas são férteis. A Prefeitura também reforçou que, desde o ano passado, a soja passou a ser a primeira na pauta de exportação do município.

         Em 2022, o desempenho das vendas externas de Itapetininga registrou um incremento, no geral, de 86%. No período, as exportações subiram de US$ 98 milhões para quase US$190 milhões. O cenário foi dominado pela soja que atingiu o patamar de US$ 93 milhões e representou 49% do valor exportado. No ano anterior, o grão se limitou a 2% dos produtos exportados na cidade ao registrar US$ 2 milhões. Os dados são Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

Conforme a análise da Secretria de Agricultura, Agronegócio, Trabalho e Desenvolvimento, o plantio de soja atrai os produtores do município em função da maior rentabilidade, liquidez e segurança. O que torna o cultivo mais promissor, em termos econômicos. Isso explica que a partir de 2018, conforme se verifica pelos dados do IBGE, a safra da soja tenha se elevado não apenas pela produtividade, mas também por atrair novas áreas. 

         A produção passou de 72 mil toneladas, em 2018, para 115 toneladas, em 2021, conforme dados do órgão oficial. Segundo o Instituto de Economia Agrícola (IEA) e a Lupa (Levantamento Censitário de Unidades de Produção Agrícola), no município de Itapetininga foram contabilizados 330 produtores de soja, em 2022. Conforme o IBGE, o cultivo da oleaginosa envolvia 100 estabelecimentos, em 2017.

 

Outros cultivos e pecuária

         Em função do solo, da tecnologia e dos cuidados dos produtores, Itapetininga é destaque na produção de batata inglesa em que o ocupa a 4ª posição no estado de São Paulo; milho a 7ª colocação; laranja a 8ª  no território paulista e  8ª  no Brasil; trigo (11ª); uva (14ª); cevada (3ª); feijão (24ª). Os dados foram apurados pelo IBGE, relativos a 2021.

O município também produz tomate, melancia, tangerina, limão, pêssego, maracujá, goiaba, caqui e banana. No plantio de eucalipto, o município é o 7º em área plantada; pinus o 13º; a produção de tora leva o município ao 3º lugar no ranking paulista;  a produção de resina  ocupa a  11ª colocação e mel a 10ª colocação. 

          Na pecuária, o atual destaque é o rebanho de bubalinos que coloca o município na 4ª colocação no ranking estadual. A produção das granjas também é destaque com Itapetininga na 9ª posição e na produção de ovos, 23ª. O rebanho bovino é 20º do estado paulista que tem registrado ampliação na produção leiteira. O municípo também conta com rebanhos de suíno, cabrino, ovino e equino, além da pesca de tilápia, pacu e patinga e matrinxã.

 

Produção da Agricultura de Itapetininga no Ranking Estadual

Batata Inglesa                 4º lugar do estado de SP          

Milho                            7º  lugar do estado de SP

Laranja                           8º   do estado de SP – 8º no Brasil

Trigo                               11º do estado de SP

Sorgo                              9º   do estado de SP

Cevada                           3º   do estado de SP

Uva                                14º  do estado de SP 

Feijão                              24º do estado de SP 

 

Produção ainda distribuída nos cultivos de tomate, melancia, tangerina, limão, pêssego, maracujá, goiaba, caqui  e banana. 

 

Produção da Sivilculturade Itapetininga no Ranking Estadual

Eucalipto                       7º em área plantada 

Pinus                             13º do estado de SP

Tora produzida               3º   do estado de SP

Resina                            11º do estado de SP

 

Rebanho Pecuária de Itapetininga no Rankinga estadual

Bubalino                        4º   do estado de SP

Bovino                            20º do estado de SP 

Galináceo                       9º    do estado de SP 

Produção de ovos            23º do estado de SP

Mel                                10º  do estado de SP

Matrinxã (peixe)             9º    do estado de SP.

Produção de leite, rebanho de suíno, ovino e equino, além da pesca de tilápia, pacu e patinga e matrinxã.

 

Produtividade da soja em Itapetininga 

2021 – 1º - 4.800 ton/ha

2020 – 13º - 4.300 ton/ha

2019 – 51º - 3.600 ton/ha

2018 - 65º -   3.600 ton/ha

2017 – 60º – 3.600 ton/ha

2016 – 42º - 3.600 ton/ha

Fonte: IBGE

 

2474 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

.

Unidades Fiscais

.
UFM - 2020

R$ 100,76

.
UFM - 2021

R$ 104,70

.
UFM - 2022

R$ 115,87

.
UFM - 2023

R$ 123,36

.
.

Prefeitura Municipal de ITAPETININGA - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.