.

Acessibilidade

Aumentar Fonte
.
Diminuir Fonte
.
Fonte Normal
.
Alto Contraste
.
Libras
.
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Mapa do Site
.
Acesso à informação
.

De Segunda a Sexta das 9:00 às 17:00 Horas

Idioma

Português

English

Español

Francese

Deutsch

Italiano

Agricultura e Agronegócio - Quarta-feira, 20 de Dezembro de 2023

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Itapetininga é apontada como 2ª melhor cidade para fazer negócios na agropecuária do Brasil e a primeira do Estado de SP, diz pesquisa

Confira os detalhes


Itapetininga é apontada como 2ª melhor cidade para fazer negócios na agropecuária do Brasil e a primeira do Estado de SP, diz pesquisa

Itapetininga tem uma expansão econômica nos últimos 7 anos, nas atividades do campo e da cidade. Porém, a Agropecuária se notabilizou no avanço significativo e na recuperação de sua força do passado. É isso que foi captado pela pesquisa realizada Urban Systems, publicada na Revista Exame, edição de 2023, que indicou Itapetininga como a segunda colocada no Brasil nesta área e a primeira no Estado de São Paulo.

A cidade foi eleita a segunda melhor para fazer negócios na agropecuária, um setor que utiliza cada vez mais tecnologia de ponta para ampliar a produção e sua produtividade.  Em relação ao ano anterior, subiu 20 posições.  Conforme o estudo, o município se destaca pelo crescimento de 71,77% na produção permanente, 23,97% na temporária e  10,84% na pecuária.

A transformação digital já faz parte do mundo dos agricultores, que não estão apenas interessados em novos tratores e equipamentos de colheita. Estudos nacionais apontam que 84% dos produtores rurais utilizam ao menos uma tecnologia digital como ferramenta de apoio à produção agrícola. A incorporação do mundo digital, como drones, nas propriedades rurais é um caminho para uma agropecuária mais competitiva e inteligente, aponta a Secretaria de Agricultura do município. 

No estudo, foi citada a elevação registrada na lavoura de soja.  Itapetininga é o primeiro município do Brasil em produtividade no cultivo da soja, superando os principais concorrentes do Centro-Oeste. Em média, foram registradas 4,8 toneladas por hectare. Os dados foram apurados pelo IBGE, que utilizou o ano base de 2021. Em 2019, o rendimento  apontava para 3,6 toneladas por hectare, o que colocava a cidade em um grupo intermediário: 51ª colocação.  O município também é destaque no ranking de produção ao ocupar a 3ª colocação no Estado de São Paulo.

         Para a gestão municipal, os números da soja demonstram o potencial do solo que é fértil, pois agrega uma agricultura diversificada. O município é o terceiro maior em extensão territorial no Estado de São Paulo, mas pode ser considerado o primeiro, pois todas suas áreas são férteis. A Prefeitura de Itapetininga também reforçou que, desde o ano passado, a soja passou a ser a primeira na pauta de exportação do município.

 

Como funciona o ranking

O estudo é calculado a partir de um Índice de Qualidade Mercadológica (IQM), que aponta quais municípios oferecem melhores condições para as empresas, com base em dados de população, de fluxo de comércio, características urbanas e infraestrutura, entre outros pontos.

 

 

906 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

.

Unidades Fiscais

.
UFM - 2021

R$ 104,70

.
UFM - 2022

R$ 115,87

.
UFM - 2023

R$ 123,36

.
UFM - 2024

R$ 129,30

.
.

Prefeitura Municipal de ITAPETININGA - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.