.

Acessibilidade

Aumentar Fonte
.
Diminuir Fonte
.
Fonte Normal
.
Alto Contraste
.
Libras
.
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Mapa do Site
.
Acesso à informação
.

De Segunda a Sexta das 9:00 às 17:00 Horas

Idioma

Português

English

Español

Francese

Deutsch

Italiano

Finanças - Quinta-feira, 21 de Dezembro de 2023

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Itapetininga registra PIB municipal de R$ 6,35 bilhões em 2021, com um aumento recorde de 18%, aponta IBGE

Confira os detalhes


Itapetininga registra PIB municipal de R$ 6,35 bilhões em 2021, com um aumento recorde de 18%, aponta IBGE

Itapetininga registrou o crescimento de 18% no Produto Interno Bruto (PIB) municipal em 2021 ao alcançar R$ 6,35 bilhões. A informação é do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É um dos maiores aumentos da história econômica da cidade. Representa um acréscimo de mais de R$ 1 bilhão na economia local em um ano. O município apresentou ganhos na participação na riqueza nacional, apesar do cenário vivido da pandemia que não freou os empreendimentos locais.

 

Conforme o IBGE, o PIB, que é a soma de todos os bens e serviços finais produzidos, registrou precisamente R$ 6.359.722.596,00. Para o chefe do Executivo, os resultados demonstram que Itapetininga está no caminho certo.

 

De acordo com o levantamento, a maior fatia é o setor de Serviços com R$ 3,09 bilhões, que observou uma elevação de 18,8% no volume de negócios em 2021. Esta área envolve também atividade do Comércio. Portanto, esse segmento representa quase a metade do PIB municipal.

 

Polo de Serviços e Comércio

 

Itapetininga se consolidou no interior paulista como uma cidade polo de prestação de serviços e de comércio. Giram em seu entorno, diretamente, mais de meio milhão de pessoas. Mas o crescimento continuo nos últimos sete anos garante maior visibilidade do município que atraiu as grandes redes de atacadistas de supermercados, além das principais marcas de franquias nacionais e instituições de ensino.

 

Esses investimentos trouxeram o Cofesa, Tenda Atacado, Spani e Grupo Ricoy, ao lado de franquias nacionais que tomaram as ruas de Itapetininga. Os investimentos dos grupos atacadistas na cidade atingiram mais de R$ 100 milhões, com abertura de 750 empregos diretos e mais mil empregos indiretos.

 

As principais franquias e filiais procuram a cidade para se instalar, conforme o prefeito de Itapetininga, Jeferson Brun. É o caso da C&A, Swift, Havan, Mercado Livre, Sodiê Doces, Macdonald’s, Burg King, Maravilha do Lar, Petz, Drogaria Farma Ponte, Drogaria Nissey, Smart Fit, Casa & Cia e Autozone. O principal destaque é a logística da cidade, o crescimento continuo do município e a elevação do potencial de compra dos consumidores locais.

 

Indústria

 

O segundo setor de maior atividade é a Indústria com PIB de R$ 1,39 bilhão. Uma elevação de 20% nos negócios industriais em 2021, com o reforço de autopeças, têxtil, moveleira e alimentícia. Conforme os técnicos do IBGE, o recuo expressivo das concentrações urbanas favorece as cidades de médio porte, como Itapetininga, que também tem recebido investimentos industriais.

 

A cidade tem conquistado grandes investimentos, como a canadense Nutrien e a Toyoda. A previsão da multinacional é que essa nova unidade da Nutrien seja construída em 2024, com a geração de 850 novos empregos. A companhia é a maior produtora de fertilizantes do mundo e irá instalar em Itapetininga a maior fábrica do Brasil. Toyota, fabricante de autopeças, produzirá airbags e volantes de veículos. Atualmente, a empresa de autopeças possui 449 funcionários e os estudos iniciais apontam para o aumento de 30% no quadro de funcionários.

 

Agropecuária

 

O avanço no campo também foi captado pelo IBGE, com o PIB da Agropecuária registrando R$ 411,2 milhões, que avançou 14,1% em 2021. A cidade foi eleita a segunda melhor do país para fazer negócios na agropecuária e a primeira do estado de São Paulo, um setor que utiliza cada vez mais tecnologia de ponta para ampliar a produção e sua produtividade. A pesquisa realizada Urban Systems, publicada na Revista Exame.

 

Itapetininga é o primeiro município do Brasil em produtividade no cultivo da soja, superando os principais concorrentes do Centro-Oeste. Em média, foram registradas 4,8 toneladas por hectare. Os dados também foram apurados em 2021, pelo IBGE. Em função do solo, da tecnologia e dos cuidados dos produtores, o município é destaque na produção de batata inglesa em que o ocupa a 4ª posição paulista; milho a 7ª colocação; laranja a 8ª em São Paulo e 8ª no Brasil e trigo (11º).

 

Renda Per Capita

 

Em 2021, conforme o IBGE, a renda capita de Itapetininga alcançou R$ 38.058,01. No ano anterior, o órgão oficial calculou que o valor médio de cada indivíduo era de R$ 32.215,54. Um acréscimo de 18%. O rendimento per capita é calculado dentro de uma determinada população, tendo como resultado a média geral daquela localidade. É possível, portanto, medir a sua renda com relação ao seu país, ao seu estado e à sua cidade.

 

674 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

.

Unidades Fiscais

.
UFM - 2020

R$ 100,76

.
UFM - 2021

R$ 104,70

.
UFM - 2022

R$ 115,87

.
UFM - 2023

R$ 123,36

.
.

Prefeitura Municipal de ITAPETININGA - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.